Brinquedos sexuais: uma ótima solução para uma crise sexual na meia-idade

24 de abril de 2020 0 Por master

A crise da meia-idade, um termo cunhado por Elliott Jaques em 1965, descreve uma fase da vida entre os 40 e os 62 anos, em que aqueles que envelhecem percebem que sua vida está chegando ao fim, mas ainda têm muitos desejos e fantasias. Uma crise sexual na meia-idade, por outro lado, também pode ocorrer durante esse período. Essa crise pode assumir várias formas, desde querer experimentar novas experiências sexuais e experimentar até perder completamente o interesse pelo sexo.

Homens e mulheres atingem seus picos sexuais entre o final da adolescência e o início dos 20 anos, antes que lentamente comece a diminuir com a idade. Então, na meia-idade, os hormônios de nosso corpo começam a mudar. As mulheres passam pela menopausa, e os homens sofrem andropausa ou, possivelmente, alterações na ereção, resultando em menos hormônios sexuais. Essa mudança não afeta diretamente a vida sexual, mas também afeta diretamente os relacionamentos.

Independentemente da idade, todos queremos ter uma vida sexual saudável. Felizmente, os brinquedos sexuais podem adicionar uma nova dimensão ao seu relacionamento e ajudá-lo a formar um vínculo mais forte.

MELHOR SEXO, QUE CRIE MAIS INTIMIDADE

Se você está se sentindo um pouco entediado usando os mesmos movimentos no quarto ou apenas quer experimentar uma nova e empolgante experiência nos lençóis, os brinquedos sexuais podem ajudá-lo a explorar novos reinos e possibilidades, criando um vínculo sexual mais forte. Pode haver apenas 64 posições no Kamasutra, mas com criatividade e brinquedos sexuais suficientes como guia, você pode descobrir que existem ainda mais do que isso. Não existem regras estritas na cama, então deixe sua imaginação correr solta enquanto você se entrega ao seu parceiro. Lembre-se, não há sentimento maior do que dar e receber prazer da pessoa que você ama.

A MASTURBAÇÃO MÚTUA PODE SER EDUCACIONAL E DIVERTIDA!

Já sabemos que a masturbação é fantástica para nossas mentes e corpos, mas também pode ser muito quente assistir seu parceiro se masturbar. Masturbar-se com brinquedos sexuais na frente do seu parceiro não apenas tira a pressão da relação sexual, mostra-lhe exatamente o que você gosta e ensina como eles podem tirá-lo. Os homens são muito visuais, portanto, permitir que eles assistam pode ser realmente emocionante. E se você gosta de alguém, provavelmente estará igualmente interessado.

AJUDA COM MENOPAUSA

Para as mulheres, a menopausa pode começar aos 35 anos, mas alguns não chegam a essa fase até os 40 anos. Isso muda o corpo de uma mulher, o que pode ter alguns efeitos terríveis na vida sexual. A mudança de seus hormônios da menopausa muda a maneira como o corpo reage sexualmente, mas os vibradores estimulam o fluxo sangüíneo pélvico, ajudando a criar mais umidade vaginal e a melhorar o sexo!

TOMAR PRESSÃO DO DESEMPENHO DE UM HOMEM

O corpo dos homens também passa por mudanças, não apenas as mulheres. Essas mudanças podem fazer com que se sintam inadequadas. Com o sexo, geralmente é tudo sobre o desempenho de um homem, mas não precisa ser assim. Os brinquedos sexuais podem ajudar o homem a chegar ao clímax, mesmo que ele não consiga uma ereção. Introduzir brinquedos sexuais na equação pode aliviar a pressão dos homens, criando uma experiência relaxante e divertida para ambos os parceiros e melhorando o seu relacionamento em geral.

OS BRINQUEDOS PODEM MUDAR O FOCO NO QUARTO PARA MELHOR

Às vezes, pode ser difícil chegar ao orgasmo, não importa o quanto esteja dando seu parceiro. Segundo o Instituto Kinsey, 70% das mulheres precisam de estímulo no clitóris para atingir um orgasmo. Ao buscar uma pequena ajuda extra de um vibrador, você pode aliviar a pressão do orgasmo.

Além disso, muitas mulheres têm alguma autoconsciência quando se trata de sexo, incluindo inseguranças quanto à mudança de corpo. Nesse caso, experimentar a venda de olhos pode ajudar a mulher a ganhar mais confiança. Vendar os olhos de seu amante ajuda as pessoas a se sentirem mais ousadas, como elas podem fazer e dizer coisas sem se sentirem distraídas ou nervosas.